quarta-feira, 12 de dezembro de 2007

SONHO REAL




















(Malu Monte)

Um dia vi você se afastar e me calei
Calei-me ao vê-lo sumir na escuridão da rua
Enquanto ouvia o barulho da chuva que caía lá fora
Olhei-me no espelho completamente nua
Com lágrimas a escorrer pelo meu rosto que pareciam a mesma chuva
E tomada por um fúnebre e profundo desgosto
Jurei assim como quem não quer jurar
Trazê-lo de volta ao meu mundo
Pois você não sairá de mim esteja onde estiver
Já que é a minha melhor parte que um dia hei de resgatar
Nem que pra isso eu tenha que me desdobrar
Pra por no concreto o sonho de voltarmos a um só ser.

Nenhum comentário: