quinta-feira, 19 de fevereiro de 2009

O AMOR INCONDICIONAL (Crônica)


Malu Monte


Hoje falarei de uma frase que qualquer um já ouviu na vida pelo menos uma vez: "Dar é muito mais do que receber".
Mas, será que quem a criou pensava exatamente assim?!
E se lá no fundo isso tudo soar como pura hipocrisia utilizada apenas para a construção de uma frase de efeito?
Talvez, por outras lentes, possa ser interpretado como puro egocentrismo esperar-se ouvir do outro a expressão "Eu te amo" ao longo de uma relação afetiva...
A questão é que nunca saberemos a medida exata de onde termina a paixão e começa o amor.
Como saber-se se um indivíduo ao abrir as portas de seu coração não espera que a pessoa agraciada pela convite lhe faça uma retribuição de forma, se não igual, pelo menos próxima do que lhe é ofertada?!
Enfim, essas e outras dúvidas só pairarão sobre as cabeças pensantes e românticas daqueles que vivem a vida para a entrega do seu melhor; Daqueles que realmente não se importam em dar sem ter o que receber...Pra esses eu só poderia dizer que é menos humilhante do que o vazio sentido por aqueles que não sabem conjugar o verbo amar.
Que seja assim se tiverem a perfeita convicção de que o que querem pra si é apenas a substituição do "Eu te amo" por:

"SORRIA, VOCÊ ESTÁ NO MEU CORAÇÃO!"