domingo, 21 de março de 2010

ÉS LUZ


Malu Monte

Quem disse que eu não estava lá quando tu precisavas?
Como posso, se desde quando o primeiro acorde entoas
O meu coração já dispara só de pensar
Nas canções que tocas e a mim dedicas.
Quem seria eu, uma soberba ou vulgar
Se não te desse o valor que mereces
Diante de tudo o que a mim veneras
Quisera eu poder te dar tudo o que te completa
Tu dizes que em todos os sentidos eu te satisfaço
E eu me realizo, plena, na minha condição de fêmea
Vaidosa sinto-me amada, desejada...
Não sei do que mais precisar se tudo tenho
Ao teu lado me sinto "Deusa"
Tens o poder de me fazer ascender
Em tua companhia dou passos largos
Pura sintonia entre amor e prazer
Componho poemas, músicas, sonetos...
Rio até daquilo que não tem graça
Tu revertes em bom qualquer desgraça
Fazes com que eu cante canções sem desafinar
Por ti desprendo-me de qualquer sofrimento, dor...
Corro em busca dos sonhos outrora perdidos
Busco a chama da paixão na plenitude do amor.

quinta-feira, 18 de março de 2010

AQUILO QUE SE CHAMA AMOR


Malu Monte

Sentimento assim desmedido
Ferida que não quer curar
Aquilo que se quer sem perder
Preciosos são seus valores
Incansáveis suas sensações
Na busca total por não ter.

Amores que vem, amores que vão
Difícil tentar não perdê-lo
Mesmo que se tenha zelo
Mas que quando acaba não tem jeito não

Inesquecíveis momentos vividos
Que mexem com os cinco sentidos
Na troca de carícias ofegantes
Do desejo que move os amantes
Por fazer o tempo parar.

E nesse exato momento
Com passagem pro firmamento
Paisagens nem são necessárias
E se ali existe um leito
Repousa teu corpo em meu peito
Faça teu rio desaguar no meu mar.

E que a mim Deus permita provar
Desse cálice de poder que embriaga os fracos
Mas que até pra se ser tolo,
Tem que ter tudo a ver
Pois se quem pensa ser tão esperto
Numa flechada em sentido direto
Das mãos do cupido se faz renascer.

E esse tal sentimento aflorado
Se entregue nas mãos do ser excitado
O faz deleitar-se de tanto prazer
E mata a tua sede ao beber do néctar
Que brota das fontes pelas quais se banham
Os tolos, os loucos, os poetas, este autor
Os façam ao menos num dia uma noite viver...
“Aquilo que se chama amor”.

quarta-feira, 17 de março de 2010

MORRER DE AMOR (Frase)


Malu Monte

"Não morra de amor; Viva por ele!"

terça-feira, 16 de março de 2010

DOR DO AMOR (Frase)



Malu Monte

"Feliz de quem se doou e sofre por amor, pois mesmo esse sentimento sendo oriundo da chama da dor está vivo em quem o tem."

O MEU SORRISO


Malu Monte

Esqueça o meu sorriso
Ele não é mais seu
Por tempos tentei te mostrar
O quanto me fazias bem
Agora esqueça o meu sorriso
Hoje estou nos braços de outro
E sei o que é ser feliz
Nada guardo de ti a não ser a lembrança
Daquilo que tentei te mostrar
E você não quis.

Esqueça o meu sorriso
Ele agora é só meu
Não vou doá-lo de novo
Agora só a mim ele pertence
Aprendi a ser eu mesma
Sem a alguém me prender
Quantos amores eu tiver
Vou ser feliz e viver
Com o sorriso que só a mim pertence
Amadureço apesar desse meu jeito non-sense

quinta-feira, 11 de março de 2010

CAIXINHA DE SURPRESAS (Crônica)


Malu Monte

Pessoas são caixinhas de surpresas!
Existem aquelas que você não sabe a que vieram, por que vieram e pra que vieram;
Existem as que chegam como um furacão, invadem corações e desaparecem como nuvem de fumaça;
Existem as que surgem de mansinho de forma discreta vão se aproximando e, quando você se dá conta, já está totalmente seduzido por ela;
Existem as que se destacam por suas habilidades em manipular a todos com suas fortes opiniões e num belo dia você descobre que tudo o que ela pregava não tinha nada a ver com o que ela fazia;
Existem aquelas que aparecem com um buquê de rosas. Ah!... Essas são realmente encantadoras, no entanto, você percebe que rosas murcham e elas também.
Existem aquelas que te sugam a alma e você se sente fraco e sem forças pra caminhar em frente;
Existem as que te dão amor dizendo ser incondicional e num belo dia te apresentam a conta e é aí que você verifica o prejuízo que ela te causou;
Existem as que te cercam de atenção e carinho e de repente, quando você precisa, elas não estão mais ali.
Existem as que te afagam com suas mãos macias e num belo dia te dão um tapa com as mesmas mãos, mas já sem a textura de antes.
Existem as que num dia dizem não saber viver sem você e na noite se vão sem uma real explicação.
Mas não podemos esquecer de que também existem pessoas especiais que estão sempre ao nosso lado, seja na dor ou na alegria; Pessoas que valorizam qualquer minutinho com vc e que por te amar tanto vibram com as suas conquistas como se fossem delas também.

Pessoas são como um Kinder Ovo com uma surpresa desagradável ou não!