segunda-feira, 7 de maio de 2012

O JARDINEIRO E A ROSA



Malu Monte


E no jardim ela estava
Feliz ao ver-se contemplar
A espera por ser colhida
Se sentindo protegida
Pronta pra se ofertar

Forte, ao ser podada não chora
Ao contrário do que se possa imaginar
Em cada corte
Sente-se revigorada
Logo põe-se a brotar

Frondosa com vestes cor de sangue
Engana-se quem pensa frágil será
Os espinhos são sua armadura
Nem por isso deixa de ser pura
Na flor mais bela a enfeitar

Ele, com seu jeito simples
Apaixonado por sua companhia
Nem se importa se ela o ferirá
Ao tocá-la com sua mão pesada
Suaves pétalas tenta não magoar

Nessa vida, algumas coisas não tem mesmo explicação
A Rosa, moça formosa, delicada
O Jardineiro, moço rude e desengonçado
Atraídos um pelo outro
Se tão diferentes são.

4 comentários:

Sotnas disse...

Olá Malu, desejo que tudo permaneça bem contigo!


Pois é prezada Malu, observando a simplicidade da vida acontecer percebemos que nada sabemos sobre as razões do amor, penso que ele como a vida acontece com a mesma naturalidade e não por imposição dos seres envolvidos. Por esta razão creio que tão enganados estão aqueles que pensam tudo saber, pois quase sempre tudo jamais será o bastante!

Belo pensamento escrito por cá como sempre de grande expressividade da tua sensibilidade, parabéns pelo poema e pelas imagens sempre de muito bom gosto!

E grato por tua amizade e visita eu desejo a você e todos um intenso e feliz viver abraços e até mais!

Jorge Sader Filho disse...

A aparência do jardineiro é apenas externa, Malu!

Beijo,
Jorge

Sotnas disse...

Olá Malu, e que tudo esteja bem contigo!


É como dizem, opostos se atraem!

A delicadeza e suavidade, sentir-se atraída por alguém que apesar de ser visto como alguém sem a sensibilidade necessária para um relacionamento. Mas, o criador é sábio, e nos fez inteligentes. O tido insensível sabe como poucos como demonstrar seu carinho por algo tão sensível!

Belo texto, bela imagem, é como todas as vezes que por cá venho, fico e me vou encantado, pela sensibilidade que expressa em tuas postagens, parabéns!


Assim me vou agradecido e deixo meu desejo que você tenha um viver deveras intenso de felicidade, obrigado pela amizade e, até mais!

Sotnas disse...

Olá Malu, e que tudo esteja bem contigo!

Belo escrito, e linda imagem, como sempre encontro quando venho por cá!

Assim é, quem ama cuida, aquele que é cuidado com certeza vai retribuir o carinho ao cuidador. É o que sempre deveria acontecer, mas nem sempre acontece desta maneira!

Mas por cá tem um final feliz, no encantamento do amor que as belas palavras tão bem elaboradas por você usadas na construção deste belo poema, parabéns!

E grato por tua amizade eu deixo cá meu desejo que você tenha um viver de intensa felicidade e saúde, abraços e até mais!