quinta-feira, 10 de fevereiro de 2011

NÃO GOSTO



Malu Monte

Não gosto de quem não faz por merecer
Não gosto de quem julga sem ter o que dizer
Não gosto de quem fica em cima do muro pra posar de bom moço
Não gosto de quem tem sorriso amarelo estampado no rosto
Não gosto de quem vive com pose de retrato
Não gosto de quem não chora - Ai desses eu to fora!
Não gosto de quem não gosta de criança, idoso, planta, bicho ou poesia
Não gosto de quem vive de pura hipocrisia
Não gosto de quem tem pena de si
Não gosto de quem me quebra em mil pedaços e depois quer colar
Não gosto de quem me sorri pra depois me apunhalar
Não gosto de quem vê graça na desgraça
Não gosto de quem limpa um beijo
Não gosto de quem não é de ninguém
Não gosto de choro de fome
Não gosto de quem aparece do nada e depois some
Não gosto de quem me abraça fraco
Não gosto de quem não me olha nos olhos
Não gosto de quem fala e nada diz
Não gosto de quem tem excesso de auto-estima
Não gosto de quem só faz poesia que rima
Não gosto de quem peca por omissão
Não gosto de quem não tem coração
Não gosto de quem não aposta por medo de perder
Mas será que existe alguém que gosta das coisas que eu não gosto?
Ah isso pra mim tanto faz...
Aliás...
Se baterem em minha porta,não to nem aí pra ninguém...
A não ser pra você, meu bem!

4 comentários:

Sotnas disse...

Olá Malu, desejo que tudo esteja bem contigo!
Interessante esta postagem do Não Gosto, extensa relação, estamos perdido!
São muitas as pessoas que agem de maneira parecida, dizem não gostar ou fazer algo, e na verdade somente fazem ou gostam do contrário, se é que me entende!
Bem o que quero dizer é que há tantas pessoas que tem na falta de respeito e falsidade a primeira opção de ser!
Gostei de seu cantinho, e se me permitido voltarei mais vezes!
Desculpe por ter invadido assim o seu tranqüilo local de belos textos e poemas, e claro, muitas verdades escritas, parabéns pelo blog, abraços e até mais!

Sil disse...

Olá Malu, me permita fazer um pequeno sub post no seu...Não gosto do mundo como ele está, com todas as injustiças, a fome, a violência, o mal...
Não gosto de drogas, não gosto de excessos, não gosto de perder o controle.
O comum não me atrai...Não gosto de coisas básicas nem de pessoas superficiais. Não gosto de quem só sabe criticar, todas as pessoas têm um lado bom e eu gosto de o procurar. Não gosto de homens que se comportam como crianças nem gosto de crianças que se comportam como homens. Não gosto da ideia que as mulheres devem subjugar aos homens ou de que são o sexo fraco, não é verdade!!!Não gosto da monotonia,também não gosto de mudanças constantes. Não gosto de insetos nem de répteis. Gosto de pessoas queridas , originais , interessantes,com ideias próprias e com classe. Gosto da lema “Vive cada dia como se fosse o último “ , não gosto de não ser capaz de viver assim... Adorei seu texto. Vc está fazendo falta no Palenite. Beijinhos

Simplesmente Malu! disse...

Oi Sil,

Sabe, Sil, gostei muito do seu complemento e, sobretudo, da sua presença aqui.
De fato, este texto merecia uma ratificação, talvez eu devesse ter mencionado que não gosto de excesso de regras pois estas nos limitam e nos impedem o acesso às diversidades.
Obrigada por seres como és!
Bjs.

Sil disse...

É sempre um prazer vir por aqui, curtir suas escritas, ouvir boa música e ser recebida com esse carinho dispensado. Desculpe-me o mal jeito, mas n pude evitar o complemento.rsrs
Obrigada pela sua generosidade!
Em breve nos conheceremos ao vivo e em cores, me aguarde! Beijinhos linda!!!