quarta-feira, 4 de agosto de 2010

QUANDO FALA O CORAÇÃO


Malu Monte


Bate forte no peito a ânsia de falar
De um doce sonho, delírio ou ilusão
Frases sufocadas pelo som do silêncio
Que de repente sai de minha alma

Como explicar o que me faz sentir assim?
Talvez a sensação de uma falsa resposta
Não machuque tanto o peito
Nem faça o coração sangrar

Quando fala o coração
Dá pra ouvir o seu soluçar
E num rio de lágrimas não se pode conter
O sentimento da dor que ficou para trás

Saber verdades em forma de mentiras,
Provar o pior na busca por algo de bom
Falsas palavras numa boca maldita
No encontro da pedra nunca esculpida

Quando fala o coração
Dá pra sentir é só prestar atenção
E se os seus planos foram destruídos pela desilusão
Não lamente, não chore, prefira a solidão.

Faça um favor a você e a mim:
- Ouça o seu coração!

Um comentário:

Anônimo disse...

lindo bju iris